terça-feira, 11 de novembro de 2008




Sou como você me vê...
Posso ser leve como uma brisa
ou forte como uma ventania
Depende de quando e como
você me vê passar.

Clarice Lispector




6 comentários:

sonhos disse...

sou o que sou e nada mais.

Beijo

Nilson Barcelli disse...

O que eu vejo de ti, és tu,
nada mais, tal e qual
como te vêem os demais.
És uma exactidão determinável
sem fugas à realidade demonstrável.

O que eu penso de ti,
não és tu, és outra,
diferente do que os outros pensam.
És um erro variável, com um desvio
à verdade indemonstrável.

Beijinhos.

Anónimo disse...

Ou brisa ou ventania...passa por mim

cordaz5 disse...

De uma ventania que se insurge quando nos tocamos e beijamos envolvendo-nos num ciclone de AMOR e paixão ;a uma brisa que se levanta ao meu despertar,abrir os olhos e deslumbrar as tuas angélicas e frágeis feições que me enchem de alegria, por ter felicidade de estar ao teu lado.

AMO-TE
Mil Beijos em ti

mateo disse...

Dependerá da força dos braços que te agarrar...
Beijo.

Nilson Barcelli disse...

Cara amiga, já lá vão uns dias sem novidades...
Escreve mais, sim?
Beijinhos.