quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Descompasso



Ontem eu caminhei até ao farol
Um pedaço de terra e eu no meio do mar
Sentei me nas pedras, abraçei o vento
Dois goles de maresia, pedaços de vida
Nuvens claras em forma de coração.


Por um instante o farol ficou sozinho
Não estive ali e levei o mar comigo
Nao sei ao certo aonde estive...


É como todas as coisas que se parecem
Com algum tipo de magia ou feitiço
Como todas as coisas que seguem um ritmo


E por um segundo se aceleram e descompassam...


Cáh Morandi

7 comentários:

Poderoso disse...

Ola bonito blog registe-se no meu forum vai adorar e de uma olhadela no meu blog

http://noitearrepiante.forumeiros.com/

JustMe disse...

Tudo e todos levam o seu ritmo...
Besososossosos

Xinha disse...

Huumm....
Perfeita escolha bem encaixa na imagem !!

Até consegui sentir o aroma fresco do mar...

Xi-coração

Anónimo disse...

Deixa me ser o teu farol...
Bjos

Peregrina disse...

Há certos locais que nos fazem viajar para longe... e voar para todo o local, sem nunca sair do sítio :)

Beijinho*

Trapezista disse...

A magia de um momento de união... com o cosmos!
Beijinho meu

Trapezista

sonhos disse...

Nossa mente nos leva para bem longe.

Beijinhos