quinta-feira, 22 de outubro de 2009



Um nome para o que eu sou, importa muito pouco.
Importa o que eu gostaria de ser.
É pouco, é muito pouco.
Uma vez eu irei.
Uma vez irei sozinha, sem minha alma dessa vez.

nl.

2 comentários:

piurso disse...

Amei mesmo!

Abraço-te disse...

Um abraço-te muito especial

http://abraco-te.blogspot.com/2009/11/entre-os-ramos-ii_08.html

Abraço-te